Vítimas Incêndio Flamengo

Jogadores vítimas do incêndio no Ninho (Foto: Lance!)

Alexandre Araújo
09/02/2019
14:53
Rio de Janeiro (RJ)

Durante este sábado, chegou a oito o número de corpos identificados das vítimas do incêndio que atingiu o alojamento da base do Flamengo, no CT Ninho do Urubu, em Vargem Grande, Zona Oeste do Rio. A tragédia deixou 10 mortos e três feridos.

Nesta manhã, o meia Gedson Santos, de 14 anos, e o atacante Athila Paixão, também de 14 anos, foram identificados. Já durante a tarde, Christian Esmério, de 15 anos, teve o nome divulgado. Até a noite da última sexta-feira, o IML havia reconhecido os corpos de Arthur Vinicius, Pablo Henrique, Rykelmo de Souza Viana (conhecido como Bolívia), de 16 anos, Victor Isaías e Bernardo Pisetta. Os dois primeiros já foram liberados para o enterro.

A família de Christian Esmério foi até o Instituto Médico Legal (IML) para a entrega de mais materiais que pudessem ajudar a identifica o corpo do goleiro e, um tempo depois, a organização conseguiu oficializar o nome.

Agora, restam dois jovens - Jorge Eduardo, de 15 anos e Samuel Thomas Rosa, de 15 anos.

Informações desencontradas

No começo da tarde, no hotel onde estão os familiares das vítimas, foi divulgada uma informação de que dos seis corpos que até então não haviam sido identificados, apenas em um não seria necessário exames de DNA, o último recurso usado no IML.

Pouco depois, a assessoria da Polícia Cívil do Rio de Janeiro apontou que a informação não procedia. Passados alguns minutos, foram identificados os corpos de Gedson e Athila.

Algum tempo depois da identificação de Christian Esmério, o Flamengo soltou uma lista sem o nome do jovem. A assessoria da Polícia Civil, porém, continuou confirmando. Demorou cerca de uma hora até que o clube atualizasse em seu site a informação.

* Esta nota será atualizada a medida que os jovens forem identificados